Laboratórios de análises clínicas e os critérios mais importantes como monitoramento da temperatura.

20.09.2018

 

Os critérios imprescindíveis e necessários são os mais importantes na avaliação da Anvisa e devem ser seguidos fielmente. Dentre estes, destacamos que o laboratório deve possuir monitoramento de temperatura.

 

Coleta e adequação da amostra têm papel preponderante para um exame confiável 

Entre os fatores pré-analíticos, devemos citar ainda as variáveis de coleta, que têm como agentes as condições do material biológico (como a temperatura), o tempo excessivo de garroteamento, o sangue colhido em locais de acesso venoso com infusão de líquidos e até a hospitalização, que pode afetar os resultados.

 

 

 

No que concerne a amostras obtidas pelo paciente, merece atenção a coleta de urina de 24 horas, que exige cuidado para evitar perdas das micções e garantir sua conclusão no mesmo horário em que foi iniciada. Abaixo, confira alguns dos fatores mais importantes nesse contexto. 

 

 

Monitoramento da Temperatura

 

 

A temperatura ideal para a coleta deve ser de 22-25 ºC. Já a necessária para o armazenamento das amostras tem de ficar entre 2ºC e 8ºC para inibir o metabolismo das células e estabilizar certos constituintes termolábeis.

 

Para a dosagem de potássio, a refrigeração de amostra não centrifugada não pode passar de duas horas, uma vez que tal processo é capaz de impedir a glicólise, que alimenta a bomba de potássio, e promover sua saída para o meio extracelular, elevando o resultado do teste.

 

É oportuno lembrar que as amostras para alguns exames requerem transporte refrigerado, tais como catecolaminas, amônia, ácido láctico, piruvato, gastrina e paratormônio.

 

 

 

Nossa solução BeeSense de Monitoramento de Temperatura é o ideal

 

 

A BeeSense é uma plataforma inteligente desenvolvida com tecnologia IoT (Internet das Coisas) que permite o monitoramento da temperatura de sistemas quentes, frios e congelados.


Isso é feito através de sensores de alta precisão e scanners sem fio devidamente configurados na rede Wi-Fi assim todos os dados são armazenamentos em nuvem. Os sensores são capazes de enviar dados em milésimos de segundos em tempo real e assim analisados pela plataforma BeeSense.

 


Como funcionam o monitoramento de temperatura?

 

 

É possível configurar os sensores na temperatura ideal e quando tiver oscilação ou entrar em estado crítico ele dispara alarmes para que o problema seja solucionado, assim evita que seu negócio seja prejudicado com gastos desnecessários.

 

O monitoramento pode ser feito de diversas formas, com relatórios automáticos enviados por e-mail, e pushs via app pela plataforma BeeSense, tudo em tempo real. Caso você não esteja no presente no seu negócio, ainda assim é possível monitorar o que acontece por la.

 

 

Receba alertar via e-mail no seu celular quando algo estiver errado, acesse os relatórios ou nossa plataforma de onde estiver e faça análises em tempo real, avise seus colaboradores que estejam no local para corrigir ou ajustar qualquer temperatura ou mercadoria que seja necessário.

 

De que maneira são utilizados?

 


Os sensores de temperatura devem ser instalados nas câmaras frias, baús de caminhões ou carros, que realizam o armazenamento ou transporte de medicamentos ou produtos biológicos que necessitam manter-se refrigerados constantemente. Estes instrumentos  são ainda peças fundamentais para o estudo de validação de transporte.

 

Para conhecer mais sobre essa tecnologia, entre em contato com a PhareBee!

 


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Internet das Coisas automatiza o monitoramento de temperatura

April 9, 2018

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook - PhareBee
  • LinkedIn - White Circle
  • Twitter - White Circle

© 2017-2018 PhareBee. All Rights Reserved.