A personalização do atendimento nas lojas físicas

26.01.2018

 

 

 

A personalização utilizada no comércio eletrônico, já é possível ser aplicada no varejo físico através das tecnologias, oferendo melhorias no atendimento e ganhos de escala e competitividade.

 

Para oferecer uma experiência melhor para o usuário, as empresas começaram a implantar tecnologias para reduzir filas e o tempo de entrega dos produtos. Agora o ponto chave é o investimento em personalização do atendimento, promoções e mix de produtos. Essa tecnologia já é uma realidade no e-commerce, mas é pouco aproveitado em lojas físicas

 

O conceito não é novo, a base é a mesma utilizada no comércio eletrônico. O varejo sempre buscou uma forma de personalizar o atendimento pois sabe-se o quanto os clientes gostam de se sentir reconhecidos e especiais. A conhecida "era do cliente" que tem como princípio a experiência do usuário, e essa tem sido a grande preocupação das empresas que começaram a aderir a tecnologia para personalização do atendimento.

 

O primeiro passo para colocar isso em prática no varejo físico é obter os dados dos cliente, para conhece-los melhor. Antigamente isso era possível através de pesquisas, a empresa tinha uma para coletar e analisar os dados. Hoje, existem várias tecnologias de big data que fazem essa coleta, oferecer wi-fi na loja e solicitar um cadastro rápido através das redes sociais ou apenas nome e e-mail, é um exemplo.

 

Depois de coletar os dados, é preciso fazer uma análise completa e fazer uma segmentação de acordo com a pretensão da loja. Essa etapa é de extrema importância para a personalização ser eficaz. Quanto mais segmentado for, mais eficaz será a ação tomada, e consequentemente seu resultado será melhor e mais rápido. A partir desses dados que você poderá personalizar e oferecer um atendimento de qualidade e eficaz para cada cliente.

 

 

Todo esse processo pode ser feito de diversas maneiras e com tecnologias diferentes, mas no geral, envolve três pontos chaves: coleta de dados (beacons, por exemplo), análises de informações e plataformas de gerenciamento desses dados. 

 

Fonte: CIO From IDG

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Internet das Coisas automatiza o monitoramento de temperatura

April 9, 2018

1/7
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • Facebook - PhareBee
  • LinkedIn - White Circle
  • Twitter - White Circle

© 2017-2018 PhareBee. All Rights Reserved.